Uma lei de bom senso.

Os passageiros de ônibus de Campinas (SP) que insistirem em ouvir aparelhos sonoros sem fone de ouvido dentro dos coletivos da cidade serão expulsos dos veículos. A medida está prevista em uma lei publicada na segunda-feira (30), no Diário Oficial do município, que entra em vigor em dois meses.

De acordo com a Lei nº 14.350/12, de autoria do vereador Francisco Sellin (PMDB), os usuários não poderão mais incomodar os demais passageiros com o volume alto de seus celulares, tocadores de MP3 e afins.

Os infratores serão orientados pelos cobradores e motoristas a usarem um fone, num primeiro momento. Se não acatarem a advertência, a polícia pode ser acionada para retirá-los à força.

A lei prevê que os coletivos exibam em local visível uma placa ou cartaz com o aviso da proibição.

Aliás, não necessitaria de uma lei para isso, creio que educação se aprende em casa.