Orkut e programas maliciosos

Gente.

Muito cuidado com o que clicam nesse tal de orkut.

Tem alguns programas maliciosos que estão transformando o micro em zumbi, que começa a atacar vários ip pelo processo de negação de serviço (DoS).

Quinta feira passada eu sofri muitos ataques, isso mostra que tal praga foi disseminada nesse dia.

Tive que formatar dois micros e só fiquei sabendo pois eu possuo um firewall muito bom, que me alertou na hora:

2007-11-15 22:54:12 – Ip Spoofing – Source:169.254.85.230 ,0,LAN – Destination:169.254.255.255,0,WAN

Esse é só um caso, tenho uns 100 no log e o que é pior, está atacando o endereço de broadcasting.

Fica aí um alerta: Não cliquem em nada que venha pelo MSN ou Orkut, mesmo que aparentemente seja enviado por um conhecido (ele pode estar infectado também).

Atualizado: O Google  desativou todos os links em suas páginas, até que um dia. Mostra como um link, é azul como um link, é sublinhado como um link, mas não é clicável.

Só não vale  copiar e colar no navegador, né????

Assim não há anti-vírus que resista…

Cadê os amigos de juventude?

Não sei o por que, mas creio que sou um dos poucos na minha idade que entrei na era da informática.

Como já havia postado há algum tempo, possuo um perfil no Orkut, nem sei para que, já que fico muito tempo sem acessá-lo.

Pois bem, tento achar amigos da juventude, dos quais ainda me lembro do nome, mas não encontro ninguém. Será que não entraram na informática? Ou será que enveredarm em outras profissões que não dependem da máquina para trabalhar?

E olhem que não são poucos os amigos que fiz, pois meu pai era bancário, e vivíamos nos mudando. Cerca de 2 anos em cada cidade. Eis algumas:

  • Pelotas;
  • Santa Vitória do Palmar;
  • Pinheiro Machado;
  • Jaguarão (essa eu era muito pequeno);
  • São Lourenço do Sul;
  • Santo Antônio da patrulha (essa eu fiquei estudando em Pelotas).

Todas no Rio Grande do Sul.
Uma pena, pois gostaria de continuar mantendo contato, principalmente por ter me mudado para tão longe da minha cidade natal.

Quem sabe, alguém não lê esse blog e me identifica?